Heeeeeey pessoas, como estão? 


Antes de começar o post quero agradecer a todos vocês que leem o blog, que a cada postagem estão aqui dando aquela lida marota haha, e agradecer também a aqueles que me apoiam e me deixam mensagem de incentivo para não parar. Obrigada a todos de coração <3 

Vamos para o post! 

Faz um tempinho que não faço postagem sobre cabelos né, é que estava com medo de ser repetitiva rs. Mas antes de falar sobre minha transição, vamos entender o que é;

(imagem retirada na net)


O que é Transição Capilar?

Quando criei a tag #ProjeoCacheia dei uma breve explicação do que é transição.
Ia escrever um textinho explicando o que é transição e Bc mas achei essa imagem fofa que explica muito bem

(imagem retirada da net)

História do meu cabelo 

Quando era criança via a luta da minha mãe pra arrumar meu cabelo, sempre o desembaraçava enquanto estava seco, fazia tranças, twistes com "terere"...raramente deixava meu cabelo solto, só deixava assim em ocasiões de festas e sempre meio preso, nunca solto totalmente. Já na pré adolescência, fazia escovas e meu pai pagava uma moça pra fazer relaxamento no meu cabelo, eu gostava muito daquilo,pois cresci ouvindo que meu cabelo era "ruim", parecia bombril, que era "cabelo de nego" (ditos da pior forma possível). 
A cada 3 meses comprava alisante de farmácia e aplicava no cabelo, mas nunca me dava o resultado que queria, pois queria um cabelo bem liso, achava que assim ia ser aceita pelos meninos e mais interessante pra eles (que besta eu era, aff). A única da minha família que sempre me dava bronca era a minha vó, mas eu não a escutava e continuava alisando. Aos 15 anos ganhei minha primeira chapinha e desde então fazia chapinha no cabelo uma vez por semana. Quando me cansei de fazer chapinha, minha prima me indicou uma cabeleireira pra fazer escova progressiva e por causa da pressão de se ter cabelo liso, resolvi fazer. Paguei bem caro, passei o dia inteiro no salão, mas gostei do resultado,só que meu cabelo tem um crescimento rápido, e com um mês já tinha raiz cacheada querendo aparecer, e claro, voltei pra chapinha. Depois de um ano (já estava com 6 centímetros de raiz) retoquei a progressiva, mas foi a ultima vez. Em Julho desse ano fez um ano que não faço mais nenhum tipo de química transformadora. 

Minha transição

Quando fez 3 meses desde a última vez que retoquei a progressiva conheci o Cronograma Capilar, e nas pesquisas de hidratações caseiras acabei descobrindo meninas que estavam em transição, achei interessante e comecei a ler mais. Quanto mais eu lia e via videos mais me encantava a hipótese de ter cachos novamente, ate porque eu sempre achei bonito e defendia as meninas que assumiam suas jubas, mas não acreditava que tivesse a mesma coragem .
 Num belo dia me olhei no espelho e disse "quer saber, vou assumir meu cabelo natural sim!" Buscava todo tipo de informações de como tirar mais rápido a progressiva do cabelo, fazia tudo que não achava perigoso, afinal na net tem muitas coisas legais e úteis, mas também tem muita coisa inútil e que pode estragar o seu cabelo. E a cada centímetro visível de raiz era uma vibração diferente. Em Março desse ano fiz o meu primeiro BC, pedi pra minha cunhada cortar e lá se foram 10 centímetros de cabelo pro lixo,no começo achei bem estranho, mas logo me acostumei e aprendi a curtir o curto. Esperei mais 6 meses pra finalmente fazer o BC definitivo, aquele que ia tirar de vez toda a parte lisa. Minha prima foi cortando mecha por mecha e a cada mecha eu sentia que estava não só cortando meu cabelo mais também um peso que estava sob minhas costas, fora a alegria inexplicável que sentia. 
O fato, é que eu nunca tinha me sentido tão bem com o meu cabelo quanto quando estava cortando. No começo fiquei com medo da reação das pessoas, temia algumas criticas pesadas, mas graças a Deus só recebi apoio e elogios e isso me deixou mais aliviada e mais segura. 

Depois do BC

Parece clichê mas é verdade, depois do bc me senti livre. Me senti mais eu, da pra entender? rs
É muito bom sair sem se importar se vai chover, sem se importar com o volume, sem se importar com os olhares das pessoas. É muito bom se olhar no espelho e ver quem você realmente é, ver suas raízes ali no seu cabelo e não ter medo de ousar, não ter medo do preconceito dos outros. Depois que parei de usar a chapinha meu cabelo está bem mais hidratado mais brilhoso e mais autêntico. 

Seja você!

Se você também tem vontade de abolir de vez as químicas do seu cabelo seja lá por qual motivo, faça isso. Mas por favor, não faça pra "ficar na moda". Cabelo cacheado é bem mais que estar ou não na moda, é assumir quem você é de verdade, é se ver livre dos padrões que a sociedade impõe, é sentir sua autoestima elevada. 

Não tenha medo das críticas, elas vão vim sempre, o que faz a diferença é a forma que você agi diante delas. 

(imagem retirada da net)

Resumi o máximo que pude, desculpem-me pelo textão rs, mas não consegui falar disso sem escrever muito. :v 


Embora só esteja com um mês de BC meus cachos já estão bem definidos. Agora to na espera de volume, hahaha

Cliquem aqui pra ver a transição da Mih <3 
Beijus :*


Deixe um comentário